Posted on

Informações sobre controle financeiro que você não pode ignorar.

Um dos pilares que mantem a empresa de pé é sem dúvida o financeiro.

Ele é a peça fundamental para o sucesso e também uma fonte de gás para manter a empresa competitiva no mercado.

 

Este controle consiste basicamente em organizar, controlar, coordenar e avaliar dados e atividades.

 

Nesta área há constantemente a necessidade de rápidas tomadas de decisões. Por isso é muito importante a organização de todos os dados e que eles sejam encontrados facilmente.

 

O financeiro é dividido em diversas categorias e subcategorias. Abaixo segue alguns exemplos:

 

– Fluxo de Caixa: Sendo peça fundamental, é ele quem controla toda a movimentação financeira. Através de um período diário, semanal, mensal ou anual, ele organiza todas as entradas e saídas, contas a receber e a pagar e também qualquer receita ou despesa extra. Não importa o valor, por menor ou maior que seja o mesmo, tem que ser registrado. Através de todos estes dados uma base é confeccionada e o gestor tem uma ampla e real visão de sua empresa.

 

– Projeção Financeira: Através dela que temos o poder de “prever o futuro”. Seja num período de curto, médio ou longo prazo, ela projeta os possíveis cenários à frente.

Dados atuais, estimativas e informações complementares do mundo econômico fazem parte deste projeto. O seu controle pode se dar por meio de softwares mais elaborados ou simples planilhas eletrônicas.

 

– DRE – Demonstração do Resultado do Exercício: Esta ferramenta tem a finalidade de mostrar ao gestor o real lucro ou prejuízo que a empresa pode estar tendo. Para chegar a estes dados é utilizado todo o material que serviu de alimento para o fluxo de caixa, ou seja, as despesas, receitas e os custos. Por meio deste é possível identificar os pontos fracos da empresa e assim buscar um modo de reverter a situação.

 

Todos já têm ciência do quão importante é um controle financeiro.

Se em nosso cotidiano, as vezes é necessário pararmos e realizarmos um planejamento de nossas finanças, já imaginou como é em uma empresa?

 

Este processo requer muita atenção e acompanhamento constante.

Então, a palavra de ordem é: PLANEJE!

Esse ato evita erros e reduz consideravelmente as chances de falência de sua empresa.